Como funciona o fundo de reserva em condomínios?

Como funciona o fundo de reserva em condomínios?

20210211 - Cysne Administradora de bens e Condomínios

11 fev Como funciona o fundo de reserva em condomínios?

O valor das cotas condominiais é sempre um dos assuntos mais delicados na vida em edifícios. Além dos gastos ordinários que compõe o valor da cota, eventualmente surgem despesas imprevistas ou emergenciais que precisam ser quitadas de alguma maneira.

De modo a evitar essas surpresas que podem levar a desajustes financeiros do condomínio, foi criada a solução dos fundos de reserva, que nada mais são do que um estoque financeiro para ser utilizados em situações não planejadas. Em geral, essa alíquota que é definida em convenção, varia de 5% a 10% sobre o valor da cota condominial. Nessa mesma definição deverá ser explicitado se a cobrança será perene ou por períodos determinados.

Essa transparência é imprescindível para que o fundo de reserva não seja utilizado de forma irresponsável ou imprópria. Normalmente os principais objetivos do fundo são: fundo de obras, fundo de equipagem e o rateio extra.

Por sua característica de arrecadação preventiva, é comum que esse valor se acumule por longo tempo sem precisar ser utilizado. Dai a necessidade de manter esse montante em aplicações financeiras que possam gerar rendimento adicional.



Feito só para você!
A importância da sustentabilidade nos centros urbanos já está clara…
CLOSE
CLOSE