O que fazer quando se identifica inconsistências nas contas do condomínio?

O que fazer quando se identifica inconsistências nas contas do condomínio?

20201215 - Cysne Administradora de bens e Condomínios

15 dez O que fazer quando se identifica inconsistências nas contas do condomínio?

Seja em situações atípicas do cotidiano ou em trocas da administração do condomínio, eventualmente acaba-se por descobrir inconsistências ou até mesmo rombos financeiros graves na contabilidade do empreendimento. Independente de o problema ter sido causado por má fé ou incompetência na gestão, a responsabilidade recai sobre os síndicos e administradores atuais.

Nesse tipo de situação, o primeiro passo é analisar minuciosamente as contas e as ações da gestão anterior de modo a identificar as causas das inconsistências financeiras. Normalmente as causas de déficit orçamentário são relacionadas ao cálculo equivocado das taxas condominiais, má gestão dos recursos humanos, obras e aquisições desnecessárias, inadimplência e planejamento mal elaborado. Em casos específicos pode-se descobrir fraudes nas contas e desvio de verbas.

Cuidadosamente deve-se buscar um parecer contábil e jurídico a fim de identificar as causas exatas, ao mesmo tempo em que se comunica os moradores a respeito da situação financeira. A responsabilização pelo rombo nas contas do condomínio atinge o indivíduo que deu causa ao problema, independente se foi uma administradora terceirizada, o síndico imediatamente anterior ou de períodos mais antigos. A partir daí, a gestão do condomínio precisa estabelecer um plano de contenção de despesas, ações de recuperação financeira e medidas judiciais cabíveis para os responsáveis.



Feito só para você!
O verão está chegando e com ele a época de…