Recarga de extintores Segurança do condomínio em primeiro lugar.

Recarga de extintores Segurança do condomínio em primeiro lugar.

extintores em condomínios

13 abr Recarga de extintores Segurança do condomínio em primeiro lugar.

Em condomínios, itens de segurança são indispensáveis e os extintores estão entre os mais importantes. Mas você sabe quando e onde a sua presença é obrigatória? Conhece os procedimentos de manutenção devem ser feitos?

Residencial ou comercial, de pequeno ou grande porte, uma coisa é certa: condomínios que que possuem a quantidade recomendada de extintores nos locais obrigatórios, têm mais chances de preservar vidas e o patrimônio em casos de acidente. Possuir extintores sem que condôminos e funcionários saibam manuseá-lo, no entanto, não representam a eficiência necessária dos itens de segurança.

 

Importância da manutenção de extintores em condomínios

Além de garantir a segurança dos moradores contra eventuais problemas, como incêndios, a manutenção de extintores em condomínios garante que o local esteja em situação regular junto aos órgãos regulamentadores e fiscalizadores, como Corpo de bombeiros e seguradoras, por exemplo. É indispensável a fiscalização do Corpo de bombeiros para liberação de licenças e alvarás de funcionamento. Quanto à seguradora, é fundamental a apresentação de laudos pós vistorias para a seguridade do condomínio.

 

Tipos de orçamento

Para evitar esse susto, muitos condomínios optam pelo orçamento fechado, que contempla quase tudo.

Apesar de poder chegar a ser 40% mais caro do que o orçamento inicial sem peças, essa modalidade não cobre, por exemplo, extintores que precisem ser substituídos – ficando esse encargo, sempre, para o condomínio.

Mas, mesmo dando mais tranquilidade para o síndico por saber que o valor cotado será mais próximo do que será cobrado pela prestadora de serviços, nem todos recomendam o orçamento fechado.

 

Obrigatoriedade

É importante lembrar que a recarga dos extintores é uma obrigação legal do síndico, e não há opção entre efetuá-la ou não.

Daí a importância de que esse aporte esteja previsto no planejamento financeiro do condomínio, evitando que a manutenção se torne um peso extra nas contas do local.

 

Como escolher e o que exigir da empresa

Ao escolher a empresa de recarga e manutenção dos extintores e equipamentos contra incêndio, o primordial é que ela seja certificada pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Veja aqui a situação da empresa junto ao órgão.

No estado de São Paulo, a empresa também deve ser cadastrada na Cetesb.

Também é de suma importância que haja um engenheiro no quadro de funcionários da empresa. Ao efetuar a recarga, os extintores em conformidade com a lei brasileira devem receber um selo do Inmetro.

A ordem de serviço deve ser preenchida e assinada pelo técnico responsável pela manutenção.

 

Passo a passo da contratação

  1. Cotação com empresas: Cuidado com orçamentos muito abaixo da média do mercado
  2. Avalie e escolha qual a melhor opção: orçamento fechado ou aberto
  3. Certifique-se de que a empresa é certificada pelo INMETRO
  4. O técnico visita o condomínio, checa os equipamentos, entrega um laudo e orçamento
  5. Aprovado o orçamento, retira os extintores, deixando equipamentos de reserva no local
  6. No retorno, verifique se o lacre não está violado e se os extintores não foram trocados

 

Quer saber como manter seu condomínio sempre atualizado? Entre em contato conosco e agende uma reunião

 

 



Feito só para você!
A pandemia do novo coronavírus trouxe novas realidades e rotinas…
CLOSE
CLOSE