Crédito para condomínios

Crédito para condomínios

Credito Para Condominios (1) - Cysne Administradora de bens e Condomínios

22 maio Crédito para condomínios

APSA oferece linhas de crédito para deter inadimplência

Condomínios do Rio de Janeiro registram a maior inadimplência da série histórica

APSA e G5 Partners lançam linha de crédito de R$ 10 milhões para garantir o valor total da cota condominial dos inadimplentes pelos próximos 12 meses. Estudo da APSA aponta que taxa de atraso do pagamento dos condomínios subiu 100% em abril

Os condomínios já estão sentindo os efeitos do coronavírus. Pesquisa da APSA aponta que a taxa de atraso das cotas subiu, em abril, 100% na comparação com março no Rio de Janeiro e está em 14%.

Há elevação projetada para maio, o que pode comprometer radicalmente o funcionamento das unidades de moradia, já que é com esse dinheiro que os síndicos e gestores pagam salário dos funcionários, limpeza, segurança, água e energia; tão importantes nesse momento em que as pessoas estão em distanciamento social, trabalhando de casa.

Desde o início do estudo, em 2002, a taxa de atraso de cotas condominiais nunca esteve acima de 10% . Para esse estudo, a APSA levantou dados de mais de 2800 condomínios representando cerca de 20% dos condomínios administráveis da capital carioca.

Por conta desse cenário, a APSA está anunciando para o mercado parceria com a G5 Partners, a maior empresa independente de serviços financeiros do Brasil.

Vão colocar à disposição dos clientes crédito de um Fundo gerido pela G5, que possibilita receber o valor total da cota condominial dos condôminos inadimplentes e garantir o recebimento pelos próximos 12 meses.

“Temos procurado junto com os síndicos auxiliar com as medidas de contenção de despesas. É hora de calma, buscar soluções que privilegiem reduzir os custos mas sem afetar a vida de todos! Os condomínios tem que funcionar! Imaginem condomínio sem portaria, segurança, água, energia, limpeza? Temos que evitar afetar também a vida dos funcionários”, destaca Fernando Schneider, diretor-superintendente da APSA.

Rapidamente a APSA estruturou, em parceria com a G5 Partners, o produto ‘Condomínio em Dia’.

“Através dele, o condomínio pode ceder o crédito a um Fundo gerido pela G5, receber o valor total da cota condominial dos condôminos inadimplentes e garantir o recebimento em dia pelos próximos 12 meses. O ‘Condomínio em Dia’ nos possibilita atuar do outro lado da balança, ou seja na garantia de receita, ajudando a manter o equilíbrio orçamentário do condomínio”, esclarece Fernando Schneider.

O produto é uma exclusividade da APSA que tem expectativa de com isso viabilizar uma melhor gestão financeira para cerca de 15 % de seus condomínios afetados com arrecadação financeira.

“Várias estruturas sociais caminham para entrar em colapso, observamos uma rápida deterioração dos fundamentos econômicos, por isso entendemos que o momento é de união de forças. A APSA é nossa parceira histórica na estruturação de operações financeiras para condomínios, e preocupada em viabilizar a gestão financeira dos seus clientes nos procurou, por isso, criamos uma linha de crédito de R? 10 milhões para atender os condomínios com dificuldade financeira decorrentes desta fase. Após rápida análise do pedido de cessão, o crédito será feito em até cinco dias diretamente na conta do condomínio”, afirma Renato Klarnet, que é sócio da G5 Partners.

Fonte: Sindiconet



Feito só para você!
Com tanta gente confinada, síndicos são mais procurados que o…