Como montar uma administradora de condomínios

Como montar uma administradora de condomínios

07 jun Como montar uma administradora de condomínios

Ser empreendedor significa ter coragem suficiente para arriscar. É preciso ser inovador e criativo. Às vezes ser empreendedor significa ganhar muito dinheiro com algo comum. Nesse artigo vamos falar sobre como montar uma administradora de condomínios, todos os passos necessários e o retorno financeiro que isso pode te dar.

Vivemos em uma sociedade e nem sempre é fácil conviver com tantas pessoas diferentes em um mesmo sistema. Se não fossem pelas leis que nos regem e pelo sistema de governo, viveríamos em uma selva de pedra. O mesmo acontece em condomínios, é necessário que alguém os organize e mantenha as coisas nos seus devidos lugares.

Cada dia que passa os condomínios são como verdadeiras cidades. Em alguns é possível habitar milhares de pessoas. Mesmo nos condomínios pequenos, porém, existe uma demanda grande de serviços e cuidados que um síndico sozinho não dará conta.

É o cano que estourou, a piscina que está suja, alguns moradores que estão em dívida com o condomínio. São as contas de água, de luz, a manutenção, a gestão dos funcionários, a contratação da equipe de limpeza… Ufa! É muita coisa.

O mercado de administradoras de condomínios

Uma das primeiras coisas que analisamos ao decidir empreender é o mercado do negócio. Olhe ao redor, quantos condomínios existem na sua cidade? Ou melhor, no seu bairro? Aposto que não são poucos. O que não falta é condomínio para você oferecer seus serviços.

Infelizmente, o Brasil ainda é um país que tem um déficit grande em questão de qualidade de serviços prestados. Ainda mais por isso, a sua chance nesse mercado é grande. Invista em qualidade de gestão, na qualidade do atendimento, e você terá pontos a mais.

No mercado existem grandes administradoras que praticamente dominam o país. Seus serviços tem custo mais elevado e você pode aproveitar disso para apresentar e oferecer seus serviços com um custo inicial mais baixo e com a mesma qualidade de atendimento.

Ter uma administradora de condomínios virou uma necessidade. Com a aceleração do mercado de construção imobiliária, praticamente todos os novos condomínios já deixam um espaço reservado para a administração. O mercado é ótimo, tem grande potencial, você só precisa se especializar e qualificar para ter um diferencial atrativo.

Leia também: Como montar uma academia funcional

como-montar-uma-administradora-de-condominios

O que faz uma administradora de condomínios?

O objetivo da administradora de condomínios é reunir em um único lugar vários serviços que são necessários para o funcionamento diário de um condomínio. Desde a gestão dos funcionários, até a manutenção da infraestrutura.

A administradora trabalha em conjunto com o síndico o livrando das partes burocráticas (mas é o síndico que continuará como responsável legal), toda a parte de administração financeira, pagamento de contas, contratação de funcionários, de equipe de limpeza (normalmente é terceirizado), cobranças e assembleias são resolvidas através dela.

É importante que a administradora conte com serviços jurídicos e contábeis. Ela será responsável também por fazer atas. Existe um fator essencial sobre os serviços de um empreendimento como esse: a transparência.

Todos os gastos e receitas do condomínio precisam ser trabalhados em uma planilha onde os condôminos possam ter acesso e ter consciência de para onde as taxas de condomínio cobradas estarão indo. Ética e transparência nesse negócio são duas das coisas mais importantes que o empreendedor precisará manter.

Montar uma administradora de condomínios da dinheiro?

Essa pergunta é muito interessante. Se você parar para pensar, qualquer coisa nessa vida dá dinheiro, depende do seu emprenho e trabalho. Depende exclusivamente do quanto você quer e acredita em algo. Do quanto está disposto a lutar por isso.

Mas naturalmente, por conta do mercado e da demanda que existe, montar uma administradora de condomínios tem potencial para ser um negócio que rende muito dinheiro. É só você olhar quantas grandes administradoras existem por aí.

O valor cobrado pelos serviços prestados por uma administradora fica entre 5% a 10% sobre o total que o condomínio arrecada. Levando em consideração a quantidade de taxas e o valor que a empresa tem que gastar, a margem de lucro é alta.

Qual o investimento?

Montar um negócio como esse tem um investimento baixo. Primeiro tem a questão da localização. Muitos condomínios hoje já são criados com o espaço da administração, muitas vezes nem cobram taxa para a instalação da empresa, em outros casos a taxa é bem pequena.

Custos como água, energia, internet são fixos. Além disso, será necessário investir em pessoal no administrativo (uma secretária ou duas). Também é essencial cortar gastos com serviço terceirizado e tentar trazê-lo para dentro da sua empresa.

Um negócio como esse precisa ter um apoio contábil e jurídico. Você pagará mais barato e terá mais excelência em serviço se contratar para a sua administradora um advogado especializado nessa área e um contador.

Os funcionários do condomínio não são investimento seu. É muito importante lembrar-se disso. A administradora tem a função de fazer a gestão, mas não é responsável por salário nem por encargos de demissão.

como abrir uma administradora de condominios

Além de condomínios residenciais

Pense bem, quantos prédios comerciais existem na sua cidade? Quantos prédios comerciais vem sendo construídos e lotados em um piscar de olhos? O mercado de prédios comerciais cresce de forma acelerada e é uma grande oportunidade para quem quer investir em uma administradora de condomínios.

Além de oferecer seus serviços para condomínios residenciais, ofereça também para os condomínios comerciais. Eles precisam tanto quanto os outros de uma administração bem feita, onde tudo funcione bem. Afinal ali está em jogo o sucesso de muitos negócios.

Uma boa apresentação, o funcionamento correto, sem problemas de limpeza ou manutenção, faz toda a diferença na primeira impressão que um cliente pode ter daquela empresa que está visitando. Em um condomínio comercial a porcentagem cobrada pode ser um pouco maior, chegando a 12%. O essencial nesses casos é prestar um serviço de qualidade, com um ótimo atendimento, com segurança e excelência.

Divulgação de uma administradora de condomínios

Por se tratar de um mercado forte, onde grandes empresas dominam praticamente tudo, é importante usar de ousadia e muita criatividade para mostrar a sua empresa e conseguir cativar os clientes. A especialização nos trabalhos que serão desempenhados é fundamental. Administração, contabilidade, assessoria jurídica, manutenção, limpeza… Tudo precisa fluir bem e você precisa fazer com que as coisas funcionem.

Com essas garantias em mãos, procure fazer parcerias com construtoras. Ofereça seus serviços, apresente as vantagens em contratação da sua administradora. Inicie com descontos, conseguindo fechar o negócio se esforce em manter uma qualidade no serviço.

Antes de contratar uma administradora, os síndicos procuram suas referências, o boca a boca ainda é muito forte. Então, em todos os serviços que desempenhar procure dar o seu melhor. Tenha uma boa gestão do seu pessoal e fiscalize tudo que é feito. Nesse tipo de negócio, é a fama que corre entre os clientes que fará com que a divulgação flua da maneira correta.

Leia também: Como administrar um estacionamento

Observações importantes

Nesse tipo de negócio é importante usar de empatia. Todo negócio que presta serviço direto a um cidadão, ainda mais em casos onde o local em questão é onde ele mora. Ali é uma realização pessoal do morador, precisa ser tratado com cuidado e tato.

É importante que o empreendedor tenha seriedade, tenha credibilidade e passe segurança aos condôminos. É necessário ir além do óbvio, prestar atenção aos detalhes, manter mão de obra qualificada com excelente atendimento.

Por mais problemas que possam existir em um dia, é vital que o tratamento com os condôminos seja sempre feito de bom grado. Tomar essas atitudes e torna-las comuns farão do seu negócio uma referência local.

Montar uma administradora de condomínios não tem custo elevado e depende muito mais da sua forma de trabalho do que qualquer outro empreendimento. Invista em qualidade, inove e mostre que sua empresa levará mais vantagens que qualquer outra. Mostre empolgação e o mais importante, trabalhe duro!

Uma dica final para você que deseja começar na área é buscar um curso, de modo que possa obter mais informações. Um bom material é o Curso Online Administração de Condomínios, que foi elaborado pela Maria da Luz e está na plataforma Buzzero!

Fonte: Montar Um negócio



Feito só para você!
O condomínio em que você mora está pensando em contratar…